10/12/2009

Rapidinhas

Guerra Santa

A justificativa de Obama pode até parecer "plausível", mas que é estranho ver um Nobel da Paz justificando uma guerra em seu discurso, isso é! Estranho, incômodo e absurdamente controverso!
Por isso não concordo com essa premiação. Prematura e equivocada, achei! Ele diz que outros mereciam mais que ele... bom que sabe!
A Casa Branca "disse" que ele não é Madre Tereza ou Nelson Madela... sério?!

Sinal dos Tempos

Hoje, o Ministro do Desenvolvimento, Miguel Jorge, veio à VR para receber os agradecimentos do sindicato pelas medidas de redução do IPI, que freiaram as demissões na região.
Papo vai, papo vem... o presidente da MetalSul (entidade que representa as empresas) fez uma série de pedidos para o ministro: contrução de viaduto, melhoria de acesso ao Porto, andamento na construção dos aeroportos, entre outros.
Ao que o ministro solta, bem-humorado:
- Vejam como as coisas mudaram no Brasil. Vim receber homenagem dos metalúrgicos e saio com reivindicações das empresas.
Comentário meu: em outras épocas, acho que seria proporcionalmente inverso, rs.

17 anos depois

É Hexa!!! Tentei, tentei, tentei escrever um texto, e as palavras simplesmente não vieram. Mas não podia deixar passar em branco!
Vou continuar me esforçando para escrever algo à altura da conquista. Antes, só quero declarar que eu teria um desgosto profundo...
( o resto você sabe né?)

01/12/2009

De pernas pro ar...

Nada melhor que um fim de semana de folga. Um fim de semana de folga + uma segunda-feira de folga então... é o paraíso! Soma-se a isso a vitória do Flamengo no domingo e, sim, foi um fim de semana perfeito!
O mais fantástico de estar de folga em um sábado onde você não tem nada, absolutamente nada para fazer (e há quanto tempo não conseguia isso...), é que dá tempo para fazer um monte de coisa que você gosta de fazer. Assistir DVDs, por exemplo.
E no sábado, em especial, acho que bati meu recorde: foram cinco, entre filmes, documentário e shows. E é exatamente sobre esses vídeos que quero comentar nesse post...

Maria Bethânia: Brasileirinho

Engraçado que já vi umas mil vezes, já fiz dois textos sobre o show aqui neste blog, mas não me canso. A mulher é fantástica! O Brasil apresentado por Bethânia neste DVD é incrível, com seu povo, suas mazelas, suas belezas...
Pela milésima vez: recomendo! Empresto pra quem quiser, com o maior prazer! Todo mundo merece ter acesso a esse espetáculo...

Beth Carvalho canta o samba da Bahia

Outro espetáculo! Dispensa comentários. O Alípio que me emprestou (depois de eu quase implorar, rs). E é realmente grandioso esse show, não à toa ganhou um prêmio no Grammy Latino em 2008. As participações especiais? De Daniela Mercury a Gilberto Gil, passando pelos irmãos Caymmi, Nana e Danilo, além de Maria Bethânia, Caetano Veloso, Olodum, Margareth Menezes, entre outros...
E só musicão, dos bons mesmos, pra todos que não são 'ruins da cabeça nem doentes do pé' se esbaldarem! Tenho até pena de 'quem não gosta do samba, não dá valor, não sabe compreender'...

Harry Potter e o Enigma do Príncipe

Sexto filme da saga HP. O filme é muito bom, o melhor até agora (opinião, ok?). Mais adulto, mais maduro, tecnicamente quase impecável. Fotografia, trilha sonora e a atuação do elenco... tudo muito superior aos outros cinco.
Pra quem gosta, imperdível. Pra quem não gosta vale a pena também, muito! Michael Gambom, Jim Broadbent, Alan Rickman, Tom Felton e até Ema Watson, dão aula de interpretação (a última por vezes eu achava bem exagerada. Dessa vez, perfeita. A cena do choro, quando descobre o 'namoro' de Rony é a maior prova...)

J.K. Rowling - Documentário (extras)

Os extras de HP6 são apenas interessantes. O único que se sobressai é o documentário de 50 minutos sobre a vida de JK, a autora da série - arrasador!
Já tinha lido uma biografia e sabia de tudo que essa mulher já passou na vida: foi pobre, muito pobre, chegou a precisar de ajuda do governo (tipo um 'bolsa-família inglês'). Hoje é a mulher mais rica da Inglaterra, com uma fortuna estimada em 537 milhões de libras (quase R$ 1,5 bi). No meio de tudo isso, uma história realmente fantástica. Nada mágica, mas sim construída com muito suor, trabalho e um tiquinho de sorte também.
O mais impressionante, contudo, é o depoimento de JK quase no fim do documentário, sobre o fundo de caridade que criou. É um discurso tão politicamente engajado, tão lúcido, quase socialista, rs. Surpreendente. "Eu fico impressionada: como tem gente que não liga os pontinhos. Uma parte da sociedade não percebe que muitos problemas que eles, a classe média, enfrentam, como as drogas e o crime, são muitas vezes resultado de uma injustiça grande. Eu tenho muita raiva disso!"

Tropa de Elite

Enfim, vi o tão falado filme. Já tinha o DVD há muito tempo, assim que lançou comprei na Americanas. Mas ainda não tinha visto. Sábado, sessão pipoca: Jader, Bia, André e Tássila. Quer filme mais romântico que esse para uma noite de sábado e dois casais apaixonados? rsrs. Mas estávamos os devendo esse filme...
E, pra não me alongar (mais): o filme é bom. Muito bem feito. E desfez meus temores, pois acho que de maneira alguma Padilha exalta o Bope. Pelo contrário...
Só fiquei preocupado, muito preocupado. Se o filme estiver realmente baseado numa situação real estamos perdidos. De um lado, uma polícia corrupta ( a 'convencional'). De outra, uma polícia nazista (a 'elite'). Sem falar no tráfico, que dispensa apresentações... realmente preocupante este cenário.
A conclusão é óbvia e já foi tantas vezes repetida que começa a ficar chata. Mas é preciso dizer: onde o Estado se faz ausente, outros 'governos' tomam o poder. Foi isso que aconteceu em muitos subúrbios, especialmente no Rio.
Como reverter isso? Essa resposta é bem mais complexa e creio que, infelizmente, ninguém ainda sabe ao certo. Só não acredito que com corruptos e nazistas conseguiremos ir além do que temos hoje. Nem com 'poderes' tão negligentes. A solução, de onde quer que venha, seja como for, é urgente! Mas acho que, antes que aconteça, é preciso uma boa reforma nas estruturas e na mentalidade da polícia, do governo e da própria população...

21/11/2009

Verde, amarelo e preto!

(para compreender este post, leia o anterior. Vai lá embaixo antes. É o texto chamado "Kizomba!")

Discurso do Lula, no Dia da Consciência Negra.

Sei que muitas coisas já estamos cansados de ouvir. Mas faz toda a diferença elas serem ditas por um Presidente da República, Chefe da Nação... é o Estado brasileiro se pronunciando sobre o tema. Repito: faz TODA A DIFERENÇA!

(...)
A gente não vai vencer o preconceito lamentando o preconceito. A gente vai vencê-lo enfrentando o preconceito, enfrentando, discutindo, debatendo, no local de trabalho, no sindicato, no partido, na igreja, no clube. Onde a gente estiver, nós temos que dizer: um homem e uma mulher não podem ser medidos pela sua cor, tem que ser medidos pelo seu caráter, tem que ser medidos porque são seres humanos iguais a todos.

(...)

Dizem que não têm preconceito. Coloque, às 10 horas da noite, em duas calçadas na mesma rua um negro e um branco, e coloque uma pessoa para encontrar com eles para ver qual é a calçada que a pessoa vai. Ela vai mudar para a calçada do branco, porque já está incutido na consciência dela que o negro pode ser um bandido e isso não é culpa do negro, isso é culpa do preconceito estabelecido neste país.

(...)

Quando a gente vê um menino de 18 anos, de 15, de 17, na televisão, sendo preso, às vezes, cometeu um crime bárbaro, a gente fica com raiva. Mas a gente se esquece quem é que deixou de cuidar daquele menino quando ele tinha 2 anos de idade, 3 anos, 4 anos, 7 anos ou 8 anos. A juventude brasileira não quer cadeia, a juventude brasileira não quer ser presa, a juventude brasileira quer oportunidade de estudar, de trabalhar e de conquistar a sua cidadania.

Kizomba!

Voltei, meu povo... demorei, mas voltei! rs

Confesso que o twitter tem consumido meu tempo ocioso (o resto, a faculdade e do Diário tomam conta), mas prometo que serei mais frequente por aqui.
Estava conversando no último fim de semana com o Grande Gabriel Araújo (http://ovencedornews.blogspot.com) e resolvi voltar, urgentemente, a escrever por aqui. O twitter (que eu adoro!) é um lugar do impulso. Aqui não, consigo articular melhor as minhas ideias, dialogar mais racionalmente... Preciso deste espaço!


E vou reinaugurá-lo (uso um tom solene propositalmente, hahaha) escrevendo sobre algo que adoro: sobre esse Brasil, verde, amarelo e preto! A negritude desse meu país e a hipocrisia dos que afirmam que "o racismo não mais existe".


É engraçado perceber que os que afirmam isso, de maneira geral, não são negros. Ou seja, o que sabem de racismo? O que entendem de preconceito, de desigualdade racial? Será que já viram alguém esconder a bolsa quando você entra no ônibus? Será que já foram preteridos alguma vez?


Ontem, 20 de novembro, foi uma data muito importante. Uma data que representa muito para esse país. Um dia que ainda resiste, graças à lutas das comunidades negras contra o racismo embutido em nossa sociedade. Não sou radical, nem extremista. Apenas consciente de que ainda temos muitos passos para avançar, e isso passa NECESSARIAMENTE por implementar políticas e ações afirmativas que acelerem o processo de inclusão.


Sim meus amigos, estou falando de cotas e tudo mais... um assunto longo e complexo, que não vou explicitar aqui (o post ficaria ainda maior, rs). Mas, só para a reflexão: se não existe diferença, por que numa sala com 60 alunos só existem 2 negros*? Em uma outra, com setenta, apenas UM aluno é negro*. Por que? Além do mais, 4/5 da história deste país foram vividos sob o regime de escravidão. Será possível mesmo que conquistemos de fato a igualdade sem adotarmos algumas medidas que acelerem a inclusão? Pequenas "injustiças" para reparar uma injustiça ainda maior?
(* dados reias. Não vou dizer os cursos, mas um é na Rural e outro na UFF, aqui em VR. Fiquei estarrecido quando constatei!)


Bem, vou terminar por aqui. Voltei, e voltei com muita vontade de escrever! haha.
Abaixo e ao longo deste texto, algumas fotos do Quilombo São José da Serra, em Valença, que foi regularizado ontem pelo presidente Lula. Também vou postar, logo em seguida, alguns trechos do discurso do Lula na cerimônia de regularização. Vale a pena!



As fotos são do sensacional Fernando Souza
(não o conheço. Mas pelos registros, o mínimo que poderia dizer dele é isso: sensacional!)

27/09/2009

A corrida de Obama

“Rosa Parks* sentou-se para que Luther King pudesse andar; Luther King andou para que Obama pudesse correr; Obama correu para que nós possamos voar...”
Jay-Z


*Pra quem não conhece: Parks ficou famosa e ganhou o título de "mãe do movimento pelos direitos civis" ao se negar a ceder seu lugar para um passageiro branco em um ônibus nos Estados Unidos, na década de 50. Na época, a lei obrigava que os negros se levantassem para os brancos sentarem. Ela foi presa e daí começaram os protestos pela igualdade nos EUA, sob a liderança de Luther King, ainda desconhecido na época.

03/09/2009

Para a história...


É como se houvesse uma mão invisível – não a do mercado, da qual já falaram tanto, mas outra, bem mais sábia e permanente, a mão do povo – tecendo nosso destino e construindo nosso futuro. Não creio que seja uma coincidência o fato de a Petrobras ter descoberto as grandes reservas do pré-sal justamente num momento da vida política nacional em que o povo também descobriu em si mesmo grandes reservas de energia e de esperança. Num momento em que o país, deixando para trás o complexo de inferioridade que lhe inculcaram durante séculos, aprendeu como é bom andar de cabeça erguida e olhar com confiança para o futuro.
Lula

27/08/2009

Barbárie!

Lamentável o que aconteceu essa semana em Volta Redonda. Um crime que chocou em três instâncias: o jovem que matou a criança de três anos por motivo banal; a população que linchou o garoto até a morte, com requintes de cureldade; e o povo que, coberto com uma capa de insensibilidade, aplaudiu a ação dos "populares".
A impressão é que voltamos à idade média. Por pior que fosse o garoto e o crime que ele cometeu, a forma como essa história terminou foi a pior possível, uma verdedeira selvageria, uma ato irracional: trezentas pessoas (300!!), munidas de paus, barras de ferro e faças, licharam, torturaram e mataram o rapaz, no meio da rua!
Que barbárie, meu Deus! Estou realmente assustado. Me sentindo de volta à idade média. Ou pior, aos tempos do "olho por olho, dente por dente". Terrível!

Só pra completar a notícia: Felipe (o garoto) foi EMPALADO! Sabem o que é empalamento? Não? Preparem-se...

Empalamento ou empalação é uma método de tortura e execução utilizada antigamente que consistia na inserção de uma estaca no ânus, vagina, ou umbigo até a morte do torturado.
[Wikipedia]


20/08/2009

Até a 'governabilidade' tem limite, né?!

Sarney é o 'dono' do PMDB. O PMDB é o principal partido da base do governo e possui a maior bancada do Congresso. Logo, Lula precisa do PMDB para governar e até mesmo para uma boa campanha eleitoral no próximo ano, uma vez que o partido também é o que possui o maior número de cidades em seu comando.
Ou seja, Lula torna-se refém de Sarney para conseguir governar.

Eis a governabilidade: alianças duvidosas e posicionamentos contraditórios para conseguir implementar os projetos de governo necessários para que o país avance.
Desse modo, é compreensível (ainda que terrível, do ponto de vista ético) a insistente defesa do governo federal ao senador José Sarney, e até mesmo Collor no mesmo palanque de Lula.
Eu sei, é terrível, uma vergonha, decepção. Mas é justificável sob o ponto de vista político - um jogo onde às vezes se abre mão de certas posições (ideais até!), para alcançar um resultado positivo lá na frente.
Por exemplo: o apoio à Sarney garante a aprovação de leis fundamentais para o país e para todo o povo. Caso contrário, o governo de 'esquerda' acaba sendo engolido por um parlamento de 'direita' e a 'mudança' não acontece.
Ok, tudo bem. Entendido. Explicado. Justificado. Os fins justificam os meios, resumindo.

Mas até a 'governabilidade' tem limite né?!

Ontem, sem dúvida, foi um dos momentos mais tristes que já vi o PT passar. A saída de Marina, pela manhã, somada ao episódio lacônico da absolvição a Sarney e Virgílio*, foram um duro golpe, difícil de ser engolido.
Sempre falei que o PT ia pagar muito caro por essa aliança com o PMDB. Está pagando!
Quantos mais vão sair do partido? Primeiro foram os 'aloprados' que fundaram o PSOL, depois Cristovam, agora Marina. Isso sem falar de tantos militantes anônimos que já se foram por uma infinidade de motivos...
Não quero chegar a nenhuma conclusão com este post, nem mesmo esse deve significar uma carta de desaprovação ao governo (continuo achando que o governo atual é ótimo, com avanços importantes em todas as áreas sociais, políticas e econômicas!)... quero apenas expressar o que penso dessa confusão toda que Brasília está envolta.

E lamentar, profundamente, a saída de Marina Silva do partido. Ouvi essa mulher numa palestra, em Belém, e acho que é um quadro muito importante e irrecuperável que se foi. Quantos anos o PT vai demorar para construir um quadro como Marina Silva? Seringueira, filha de retirantes nordestinos, amazônica, ambientalista, socialista, uma Silva...
É triste e acho perigoso que o PT continue nessa política suicida de apoios escusos, mesmo que seja em nome da governabilidade ou de uma possível sucessão.

Nunca antes na história deste país uma candidatura saiu tão cara...

* Engraçado como os meios de comunicação não deram destaque ao fato do tucano Arthur Virgílio também ter sido livrado das acusações que pesavam sobre ele. Alguns apenas citaram, timidamente, o fato.
Foi vergonhoso também. Um acordo ESCÂNDALOSO entre a base aliada e a oposição para livrar a cara dos dois. Triste. Realmente triste!

18/08/2009

Utopia

"A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar".

Eduardo Galeano

Eu tenho um milhão de sonhos. Sonhos mesmos, daqueles quase impossíveis de se realizarem.
Sonhos coletivos, individuais, egoístas. Alguns impublicáveis, confesso...
Milhares deles não dependem de mim e por mais que eu me esforce sei que a possibilidade de se realizarem é minúscula.
Mas continuo sonhando... Continuo vivendo minha velha utopia do liberté.
Não, não me perco em pequenas ilusões. Me perco é nas grandes mesmo. Sonho alto, muito alto.
Cabeça no alto, mas pés no chão, né? Mentira! Os pés saem do chão de vez em quando.

Porque sonhar não custa nada, meu povo. E é ótimo viver a perfeição, ainda que apenas na mais delirante utopia.

10/08/2009

Que país é esse? (duvido!)

Andei pesquisando na internet e achei uns dados incríveis sobre um determinado país. É impressionante!
Faço um desafio: alguém se arrisca a dizer que país é esse?
(a resposta, lógico!, tá no final do texto. Mas leiam tudo primeiro, é fantástico e surpreendente!)

Economia

O índice de pobreza do país era o sexto menor em 2004 dentre os 102 países em desenvolvimento pesquisados (de acordo com a Pnud, organismo da ONU), e está entre os 70 países do mundo que ostentam um alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH); em 2007 o IDH foi 0,838 (51° lugar). Em 2006 o crescimento econômico, segundo as últimas estimativas da CIA, foi de 11.1% (estimativa). A produção industrial cresceu 17.6% em 2006, pela estimativa da CIA. A renda per capita da população atingiu US$ 4.100 em 2006.

Turismo

O turismo de massa foi uma das formas encontradas para contornar a crise ecônomica, e hoje é a principal fonte de divisas do país. Em 2006 a receita com turismo bateu o recorde, atingindo US$ 2,4 bilhões, mas houve uma pequena queda no número de visitantes, que somaram 2,2 milhões.

Biotecnologia

Desde 1993 o país vem fazendo grandes progressos na área de biotecnologia, tendo obtido registro de suas patentes e direitos de sua exploração comercial nos EUA. Sua vacina contra hepatite B é vendida em 30 países do mundo.
O país desenvolveu uma considerável capacidade de pesquisa (científica), talvez maior que a de qualquer outro país em desenvolvimento fora do sudeste asiático.

Educação

A educação é controlada pelo Estado e a Constituição determina que o ensino fundamental, médio e superior devem ser gratuitos a todos os cidadãos e é obrigatória até o 9º ano.
Hoje não há mais analfabetos no país. Segundo o The World Factbook 2007, publicado pela CIA, 99.8% da população, acima de 15 anos, sabe ler e escrever.
De acordo com os resultados obtidos nos testes de avaliação de estudantes do continente, conduzidos pelo painel da Unesco, o país lidera, por larga margem de vantagem, nos resultados obtidos pelas terceiras e quartas séries em matemática e compreensão de linguagem. "Mesmo os integrantes do quartil mais baixo dentre os estudantes deste país se desempenharam acima da média regional", disse o painel.

Saúde

A prestação de serviços relacionados à saúde é totalmente gratuito, o que se espelha em seus indicadores padrão. A taxa de mortalidade infantil abaixo de 5 (probaliblidade de morrer antes dos 5 anos) no país é 7 (nos Estados Unidos é 8, e no Brasil 33).
Em 2006, segundo a Organização Mundial de Saúde, não ocorreu nenhum caso de difteria, sarampo, coqueluche, poliomielite, rubéola, rubéola CRS, tétano neonatal, ou febre amarela no país. Houve apenas três casos de tétano comum em 2006 (não relacionados a partos).
A vacinação da população , segundo as estatísticas da UNICEF, desde 1980 atinge índices bastante elevados. Em 2006, 99% da população tomou a vacina BCG, 99% tomou a primeira dose da vacina tríplice DTP1 (difteria, tétano e coqueluche), e 89% tomaram sua terceira dose; 99% da população tomou a terceira dose da vacina contra poliomielite, 96% tomou a vacina contra sarampo e 89% contra a hepatite B.

Moradia

No país, 85% das famílias são donas de suas próprias casas - portanto não pagam aluguel - e os 15% restante pagam de aluguel 1 ou 2 dólares mensais, computado em forma de amortização, pois ao final do pagamento do custo de moradia se converte em seu proprietário.


E aí? Suíça? Dinamarca? Canadá?
.
.
.
.
.
.

O nome deste país, amigos, é Cuba!
Interessante como a imagem da pequena ilha na América Central é tão hipocritamente deturpada. Pensa bem... qual é a primeira imagem que vem à sua cabeça quando se fala em Cuba?
Pobreza? Prisão? Atraso?
Espero que a partir de agora mudem alguns conceitos. Até mesmo eu, que sempre soube que a ilha dava show no quesito saúde e educação, não imaginava que os índices fossem tão devastadores.
Estou certo de que a ilha não é o paraíso. Mas, certamente, é um lugar muito diferente dessa Cuba totalitária que vemos nos noticiários. Me parece mais próximo do paraíso que a maior parte dos países deste planeta.

Eis o socialismo, meus caros!

04/08/2009

Um dom, uma certa magia, uma força que nos alerta!

(eu já tinha outro post preparado, mas de repente vem a vida e...)

Maria Real... quem a conheceu sabe o quanto Volta Redonda perdeu com sua partida, na tarde dessa segunda.
Uma mulher incrível, apaixonada pela vida, que passou por aqui com tamanha intensidade que vai deixar rastros durante muito tempo. Eis a imortalidade! Ela se foi, mas tudo o que Maria significa segue vive, eternizado em todos que tiveram a oportunidade de passar cinco minutos, ao menos, com essa mulher.
Triste se despedir de alguém tão especial. O que conforta é a certeza (sim, CERTEZA!) de que agora ela está num lugar melhor, beeeem melhor...

Maria foi uma mulher mágica, encantadora, inesquecível. Viveu, como diz a música entoada pelas centenas de pessoas em seu velório, para amar e servir. Amou, serviu, construiu uma linda família e deu um novo significado para muitas palavras que já estavam esquecidas neste lugar - felicidade, intensidade, liberdade, independência, amor, suor, luta, compaixão, beleza...

Milton, não sei se foi nela que se inspiraste, mas bem que podia ser... Maria Real possuía a estranha mania de ter fé na vida.

Saudades!

Maria, Maria
É um dom, uma certa magia
Uma força que nos alerta
Uma mulher que merece
Viver e amar
Como outra qualquer
Do planeta

Maria, Maria
É o som, é a cor, é o suor
É a dose mais forte e lenta
De uma gente que rí
Quando deve chorar
E não vive, apenas aguenta

Mas é preciso ter força
É preciso ter raça
É preciso ter gana sempre
Quem traz no corpo a marca
Maria, Maria
Mistura a dor e a alegria

Mas é preciso ter manha
É preciso ter graça
É preciso ter sonho sempre
Quem traz na pele essa marca
Possui a estranha mania
De ter fé na vida....


20/07/2009

Admirável Mundo Novo II

É, meu povo, a coisa tá feia mesmo.
Primeiro, os brilhantes cientistas que estavam produzindo espermatozóides em laboratório, na Inglaterra. Com essa maravilhosa invenção seria possível, oh! que máximo, uma produção de seres humanos em série.
Agora, uma nova invenção - e dessa vez Made in Brazil.

***
Vacina contra velhice

Uma equipe brasileira vai apresentar o estudo de uma vacina que combate, acredite, os primeiros sinais de envelhecimento no 17º Congresso Científico Internacional de Estética, que ocorrerá em São Paulo de 6 a 9 de agosto.

***

O progresso pelo progresso é burro!
Onde o homem está querendo chegar com todas essas invenções?
Nascer. Crescer. Reproduzir. Envelhecer. Morrer.
E ponto. Este é o ciclo.
Será que é tão difícil entender isso?

14/07/2009

"Moa é Cultura" (assim fica difícil...)

Essa semana a secretaria de cultura da minha querida cidade lançou um blog e um perfil no twitter. Bem, a secretaria não é tão querida assim pelos artistas daqui. Tampouco o seu secretário - aliás, ele MENOS ainda.

Mas voltando às ferramentas virtuais...

Entrei no site da secretaria de cultura hoje (para votar na Roberta Sá como uma das atrações do ótimo programa "Cultura para Todos") e achei o link para o twitter e o blog da secretaria, respectivamente.

Já achei bem estranho(ridículo até) o twitter da SECRETARIA se chamar "Moa é cultura" (Moa é o nome do secretário, para quem não sabe). Para quem conhece sabe que dizer "Moa é Cultura" é o equivalente a "Tiririca é bonito" ou "Bush é um anjo".
Achava que isso era o cúmulo!

Mas não - algo ainda mais ridículo estava por vir:


Sim, meu povo! Este é o twitter do Moa. Esse é o twitter da Secretaria de Cultura da minha cidade!

Assim fica difícil não criticar. O porco agora vestiu a carapuça!

08/07/2009

Oh, admirável mundo novo!

"Deus não é compatível com as máquinas, a medicina científica e a felicidade universal. É preciso escolher. Nossa civilização escolheu as máquinas, a medicina e a felicidade."
(pg. 125)

*****

(Londres, BR Press) - Cientistas da Universidade de Newcastle, na Inglaterra, anunciaram que conseguiram produzir espermatozóides em laboratório pela primeira vez na história. A descoberta, noticiada nesta quarta-feira (08/07) com grande alarde no Reino Unido, já provoca a ira de grupos religiosos, embora os cientistas avisem que precisam de mais pelo menos cinco anos para que a técnica possa vir a ser empregada na reprodução humana - o que ainda é ilegal no Reino Unido e vários países do mundo.
Professor Nayernia declarou que, "em tese", seria possível dispensar o elemento masculino no ato da fertilização do óvulo, já que os espermatozóides seriam reproduzidos a partir de uma banco de esperma. "Mas isso poderia resultar numa produção de seres humanos em série, todos com características genéticas do mesmo pai", ressalta.

*****

Nada a declarar.

01/07/2009

Sarney é um símbolo, assim como o ato de destruí-lo

(Sim, roubei a frase acima de V de Vingança. Roubei e adaptei, claro...)


Não acho que o Sarney é o maior culpado pela crise no Senado. Muitos outros fatores explicam a situação de descrédito que a casa chegou. Mas acho que ele deve renunciar, é o melhor a ser feito.

Sarney é um símbolo. Símbolo do atraso, do arcaico, do pior que existe na política brasileira. Sua eleição para a presidência do Senado simbolizou um passo atrás da política brasileira. Derrubar esse símbolo pode ser um recomeço nas relações do Senado com a Opinião Pública.

Sarney está certo quando diz que a crise não é dele, é do senado, pois não é correto personalizar uma instituição - e que instituição!
Mas sua saída é um ato simbólico que certamente irá representar uma mudança de rumo, um avanço, uma esperança. A queda de sarney é o símbolo de um nova democracia - sem coronéis, sem mandatários, sem salafrários.


OBS.: Um símbolo apenas, minha gente. Tem muita gente ruim lá, pior que ele até. Mas derrubar o símbolo é o primeiro passo. Um passo que, contariando o ditado, tem que ser dado com o pé esquerdo (Acorda PT, acorda Lula!!!!!)

25/06/2009

Pagar por sexo com menores de idade não é crime!

Não, eu não estou maluco. É o Judiciário Brasileiro que está!

Não bastasse a equivocada decisão de "derrubar" o diploma jornalístico, agora veio com essa:

*********

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, no dia 15 de junho, que o fato de dois homens de Mato Grosso do Sul terem contratado serviços de três adolescentes garotas de programa não pode ser considerado como crime. O Ministério Público pretende recorrer da decisão.
O STJ considerou que não é crime um adulto pagar para manter relações sexuais com menores de 18 anos, considerando que um cliente ocasional não pode ser condenado por exploração sexual porque não foi ele quem iniciou a adolescente na prostituição.
O STJ manteve a condenação dos réus pelo crime do artigo 241-B do ECA – adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente – por eles terem fotografado as menores desnudas em poses pornográficas
- A decisão é quase uma licença para que o abuso e a exploração sejam cometidos sem punição - opinou afirma Ariel de Castro Alves, membro do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda).
- É uma situação inqualificável. Qualquer pessoa que entende minimamente de direito da criança, qualquer cidadão, fica chocado. Como uma corte de Justiça pode tomar uma atitude dessa, contrária a tudo o que a lei determina? A gente fica perplexo - indignou-se o promotor Murillo Digiácomo, do Centro de Apoio Operacional às Promotorias (Caop) de Infância e Juventude do Ministério Público do Paraná
O caso será levado ao Supremo Tribunal Federal (STF), para último julgamento.
("Catado" de vários jornais - JB, O Globo, O Dia, Campo Grande News...)

*********

Gente, vocês entenderam isso? A gravidade disso?
Liberou geral, agora!

E mais:
Eles foram inocentados por transar com as adolescentes, mas condenados por tirarem fotos delas.
Parece piada.
E é.
Nosso Judiciário já virou uma piada mesmo. Seria cómico se não fosse trágico...

Agora o caso vai pro STF. Hahaha, segura essa Gilmar Mendes!!!
Acho que já sei o que ele vai dizer: "As meninas podem transar com quiser, afinal vivemos na democracia, viva a liberdade de exposição, ops, expressão! Agora, prostituição é uma profissão que requer técnica. Logo é imprescindível os cursos de kama sutra, dança do queijo e strip-tease. Diploma pras putas*, já!"

* desculpa gente, mas não consegui segurar! Mas é o Gilmar Mendes né... Acho que a prostitua, ofendida, responderia: "Vindo de quem é um elogio!"

22/06/2009

Brasil = Televisão ???


“Tire a televisão de dentro do Brasil e o país desaparece”

Eugênio Bucci, presidente da Radiobrás, co-autor do livro Videologias e ex-diretor de redação da revista Superinteressante

Li essa frase hoje e fiquei encucado. Qual é a verdade contida nela? Até que ponto está certa?

O Brasil se resume à televisão, ou o que "existe" do Brasil é apenas o que a TV mostra?

O Willian Bonner tem mais credibilidade que o presidente da República?



Será que alguém se habilita pra me ajudar a desembaralhar as idéias e discutir comigo essas questões...?

O Imperador Voltou!

Mas eu só quero é ser feliz...



18/06/2009

Luto










"Um excelente chefe de cozinha certamente poderá ser formado numa faculdade de culinária, o que não legitima o Estado a exigir que toda e qualquer refeição seja feita por profissional registrado mediante diploma de curso superior nessa área"

Gilmar Mendes, presidente do STF









09/06/2009

Rir ou chorar (2)

Outra daquelas impagáveis. Olha a idéia do maluco...

***********

Americano faz surpresa, mas namorada engole anel de noivado sem querer

Reed Harris colocou anel em um milkshake (???), mas namorada o engoliu(!!!).
'Eu não podia acreditar que tinha engolido o anel', disse Kaitlin Whipple.


Do G1, em São Paulo

O norte-americano Reed Harris quis pedir sua namorada em casamento de uma forma diferente. Ele colocou o anel de noivado em um milkshake, esperando que Kaitlin Whipple o encontrasse enquanto saboreava a sorvete.
Mas não foi o que aconteceu: Kaitlin comeu tudo e não encontrou o anel. "Não senti nada", disse ela ao programa Today Show, da emissora NBC. "Eu pensei que ele estava brincando", afirmou. "Eu não podia acreditar que tinha engolido o anel", acrescentou Kaitlin.
Como ela não acreditava que havia engolido a joia, Harris propôs que eles fossem a um hospital para fazer um raio-X. Kaitlin só acreditou após ver a imagem que mostra o anel no interior de seu organismo.
O casal ainda não definiu a data do casamento, mas ele deve acontecer no último fim de semana de maio ou no primeiro fim de semana de junho. Para a lua-de-mel, Kaitlin escreveu em seu blog que espera mais surpresas de seu amado.

************

Algumas observações:

1. Onde foi que ele estava com a cabeça quando colocou a aliança no Milk-Shake?

2. Ela engoliu a jóia? Meu Deus, aqui no Brasil a gente costuma tomar milk-shake no canudinho! Lá eles tomam como? Num tubo de PVC? Que mico!

3. Ela não percebeu que engoliu. Tá, tudo bem. Na saída, certamente, ela ia perceber
(ou não né, sabe-se lá...)

4. E a doida ainda disse que espera mais surpresas de seu amado na lua-de-mel. O que ela quer dessa vez hein? Engolir um.......... deixa pra lá, rs

Agora diz: A gente ri ou a gente chora???

(ai ai... depois dizem que eu pego no pé desse norte-americanos!)

05/06/2009

B r a s i l e i r i n h o

"Felicidade se Acha é em Horinhas de Descuido"


Magnífico. Fantástico. Um espetáculo!

Não quero falar muito do DVD da Maria Bethânia. É impossível descrever com a riqueza de detalhes que a obra merece.
Só um conselho: vejam!

Quando vi algumas críticas, antes de comprar, li coisas que achei exageradas.

***

"O país de Bethânia é sofisticado e se impõe pela força cênica da maior intérprete do Brasil" (O Dia)

"O Brasil de Brasileirinho, dizia eu e continuo dizendo, é o avesso da pocilga política, o oposto da boçalidade violenta e acachapante que nos corta os dias; é a pátria querida, o país do coração e das memórias que tanto amamos, e no qual, afinal, nos reconhecemos." (O Globo)

"Muitos são os trabalhos da cantora Maria Bethânia que são referências obrigatórias para a história da música popular brasileira, entre outros estão: [...] Brasileirinho" (Wikipedia)

***

Bem, nada disso era exagero. E posso dizer (sem exageros também) que é o melhor DVD que já vi. O show mais perfeito que já assisti. E, jogando a modéstia no lixo(rs), acho que isso quer dizer alguma coisa...

É um espetáculo completo: música, teatro, literatura.
É uma obra sobre o Brasil. Sobre os Brasis.

É Maria Bethânia, meu povo! E até agora estou lamentando os 21 anos que vivi sem conhecê-la...

04/06/2009

Eu to ficando velho?

"Nossos ídolos ainda são os mesmos..."


Hoje, no almoço, estávamos conversando sobre a Juventude. Não sobre os jovens, mas sim sobre essa fase da vida em que você descobre que não é mais criança, que tem que tomar decisões sérias que vão trazer consequências mais sérias ainda.
Não, não foi uma conversa tão séria assim(rs). Pelo contrário, nos divertimos bastante pensando nas dificuldades que passamos nessa época.

Pense bem: existe Estatuto da Criança e do Adolescente e Estatuto do Idoso. Mas e o nosso estatuto, não tem porquê?
Acho que vou sugerir um, enviar pro Congresso um modelo. Vai ter que começar assim:

Artigo I - Bem vindo ao Mundo Real: agora você tem contas pra pagar, responsabilidades a cumprir e, acredite se quiser, não tem ninguém pra te ensinar como fazer isso. Se vira e aprende!

Estou exagerando, sei. Mas é só pra fazer um drama e chamar atenção para um fato: eu estou virando adulto!
Por mais que pareça uma atitude infantil tenho que admitir que isso assusta. Cada dia que vai passando sinto que minhas responsabilidades aumentam no mesmo ritmo em que se alteram minhas prioridades.
Minhas escolhas de hoje são muito diferentes das de um ano atrás. Eu sei, o mundo gira e "aí surgem outros valores, vindos de outras vontades", como diz a música.
É natural, mas dá medo!
Estou crescendo, ganhando maturidade, virando adulto, ficando velho!

E quando cheguei a essa conclusão?

Ontem, quando entrei na DiscoMania desesperado por um disco da Maria Bethânia.
Não da Pitty, Gabriel OP, Jota Quest (que são ótimos também, claro!).
Eu paguei R$55, num disco da Maria Bethânia!!!

Isso pode não representar nada pra você, meu caro leitor, mas há alguns anos atrás seria totalmente impensável pra mim. Afinal, zoava meu pai por gostar dela, haha
Ahhh, se eu soubesse antes quem é ela... linda, fantástica, mito.
(Meu Deus... eu estou falando da Maria Bethânia?!?!?!?!?!)

Semana passada comprei Chico Buarque e na semana que vem (ou hoje ainda, se der tempo) devo comprar um do Roberto Carlos (ahhhhhh) com Caetano Veloso.
Estou louco. Deve ser isso. Até Ney Matogrosso me deu vontade de comprar um dia desses. Ney matogrosso! Isso deve ser sinal de insanidade...
Sem falar de Elis Regina, Tom Jobim, Milton... que já sou apaixonado há um pouco mais de tempo.

Gente, isso é normal? Será que to ficando realmente velho?

OBS.: Depois posto minhas impressões sobre "Brasileirinha", a obra-prima da "Abelha-Rainha".
("Abelha-Rainha" você já deve estar imaginando quem é né? Sim, ela mesmo. )

19/05/2009

Acessibilidade Já! (A lição de Yuka)

O fim de semana passou, mas esse foi um daqueles 'fins-de-semana' que não acabam neles mesmos, que ainda vão dar muito o que falar...

Sábado teve o Fórum Municipal da Juventude. Evento massa organizado pela Coordenadoria da Juventude (quem???). O evento discutiu uma série de questões referentes à políticas públicas para a juventude. As discussões foram de alto nível.
Realmente tudo muito interessante. Espero que (dessa vez) as propostas sejam implementadas (ao contrário do I Fórum, que morreu ali msm)


Bom, e o Yuka com isso?

Marcelo Yuka é o ex-baterista d'O Rappa. Ativista social, ele foi o principal atração do Fórum. Seu rosto estava estampado em todos os cartazes. Seu nome figurava em todos os jornais. Pena que se esqueceram de uma palavra muito simples, mas muito importante: ACESSIBILIDADE.
Yuka, que é cadeirante desde que levou nove tiros, viveu um verdadeiro drama em nossa cidade: rodou, rodou, rodou e não cosneguiu encontrar um hotel que pudesse hospedá-lo. Isso mesmo, você não entendeu errado:



NENHUM HOTEL EM VOLTA REDONDA POSSUI ACESSIBILIDADE.

Ele teve que se hospedar em Barra Mansa, pois não há em nossa cidade, nenhum local que ofereça condições para um portador de necessidades especiais de hospedar.
Como se não bastasse isso, quando Yuka chegou ao João XXIII (onde aconteceu o Fórum), não havia como ele subir ao palco do auditório... Absurdo!!!! Foi uma situação constrangedora e humilhante.

Fiquei revoltado com a falta de organização da organização (?) do evento. Quando pensaram em chamá-lo deviam ter pensado nisso. Deviam ter se preparar para receber o cara. Não pode um fórum que discute "Políticas Públicas" não garantir o mínimo de acessibilidade à seus convidados.
Mas o Yuka falou algo que me fez pensar - ele foi embora no sábado, mas e quem mora aqui? E aquelas pessoas que precisam se locomover com a ajuda de um cadeira de rodas, de uma muleta? Isso é o que verdadeiramente me revolta.


Não sei o que vou fazer, mas quero fazer algo. Não é possível que seja negado o "ir e vir" à essas pessoas. É um direito básico que está sendo desrespeitado. Até quando?
Conversei com o vice-prefeito no próprio sábado. Nelsinho foi um pouco evasivo e disse que vai levar o problema pra frente.
Não duvido, mas também não quero esperar mais sentado para que as autoridades resolvam fazer algo.
Juro que não sei direito ainda o que podemos fazer, apenas estou despejando aqui meu desabafo, tudo o que estou sentindo.


Espero poder sensibilizar outras pessoas também para que possamos pensar em algo URGENTEMENTE para resolver esse problema.
É um problemão, que não percebemos porque não vivenciamos na pele. Mas imagina você ser impedido de ir à rua, de entrar num colégio, dormir num hotel? Imagina ter que ser carregado no colo pra usar um banheiro?
Verdadeiramente, ninguém merece!!!


"A falta de acessibilidade de Volta Redonda mostra o desrespeito com quem precisa de um pouco mais de ajuda. Isso é muito grave!"
(Marcelo Yuka)

12/05/2009

Rir ou chorar?

Tem algumas coisas que a gente lê... fica dificil de acreditar.

Olha essa de um leitor d'O Globo:

O assunto era a festa folclórica de Parintins, que ameaça ser adiada por conta das enchentes (que já desabrigaram milhares). No texto o autor cita as "agremiações" Boi garantido e Boi Caprichoso, que são as principais atrações da "Festa do Boi".
Em tempo: são grupos folclóricos, com alegorias e fantasias, tal qual o Carnaval Carioca. Ou seja, os "bois" são alegorias, fantasias, bonecos...

Enfim, olha o comentário do leitor (preferi nem reproduzir o nome do cabeção):

Infelismente estou torcendo bastante para que chova muito mesmo, se for para o bem dos Bois,que sofrem verdadeira Barbárie causadas p/seres Humanos. Tudo que este povo do Norte/Nordeste etc, estão passando não é em vão, o que eles fazem c/os Animais é desumano

Meu Deus!!!! Ignorância? Preconceito?

Fala aí:
a gente ri ou a gente chora?

Política Moral

Luciano é um amigo da faculdade.
Grande cara: jornalista, flamenguista, anarquista!
(Petista?)

Achei esse texto dele brilhante. Ainda que eu questione alguns pontos específicos (afinal se não questionasse, não seria eu - rs), gostei bastante. Uma visão muito interessante!
Brinquei dizendo que nunca fui anarquista, mas depois de ler o texto até me deu vontade de ser, rsrsrs

Confiram...


Política Moral

Poder é algo que pertence a todo e qualquer ser humano. Sendo assim, todos podem fazer a sua parte sem precisar fazer política.

Todo cidadão tem o pleno direito de exercer o seu papel na sociedade de forma consciente e de acordo com as aptidões que possui. A sociedade é uma constante interação onde uns dependem dos outros. Essa interação entre homem e sociedade deveria se constituir numa ajuda mútua. Se cada um procurasse exercer o seu papel de forma correta, ciente de suas próprias responsabilidades sociais, a política ficaria em segundo plano. O nosso meio social já se constitui numa política em si, nós somos os principais agentes, os únicos capazes de modificar toda e qualquer estrutura, inclusive a nossa própria.

O ser humano é político do seu mundo, o planeta é dele. O mundo é nosso. Devemos preservar o lugar no qual habitamos, só assim poderemos usufruir de tudo que ele nos oferece de bom.

Além de se constituir em mentira das mais cabeludas, a política carnal demonstra o quanto o homem é mesquinho, orgulhoso e ambicioso. O desejo de se tornar melhor e mais poderoso do que o outro faz com que ele sinta a necessidade de mandar, exigir, mentir, destruir, roubar, pecar e até matar. Tudo isso é uma verdadeira corrente onde vários outros aspectos negativos se entrelaçam, surgindo desavenças sociais que tanto afligem e prejudicam os homens, inclusive os próprios "políticos". Ninguém possui autoridade para governar sozinho um país, uma cidade ou seja lá o que for, porque todos nós somos e todos nós podemos. Todo mundo é artista, façamos a nossa arte.

A melhor política é aquela que visa a transformação do nosso interior. Renovando a alma, renova-se o mundo. Renovando-se o mundo, renova-se a vida. Exercendo a política da alma, o homem eleva o seu nível moral e passa a enxergar e a enxergar tudo por um prisma mais humano. Ele percebe que o mundo é seu.

Política destrói, liberdade constrói.

Antes que alguém me critique: sim, eu queria ter ido em Woodstock.


Luciano Neto



Mais em: recantodasletras.uol.com.br/autores/sombradaluz

06/05/2009

Um segundo de liberdade: a máscara deposta...

Bom mesmo é ir a luta com determinação,
Abraçar a vida e viver com paixão,
Perder com classe e vencer com ousadia,
Porque o mundo pertence a quem se atreve
E a vida é MUITO para ser insignificante!


Muito tempo que não escrevo neste espaço. E confesso que isso me faz falta.
Não escrever. Afinal, escrevo todo dia. E escrevo muito! Sobre milhares de coisas, uma infinidade de assuntos, dezenas de personagens... sou jornalista.
Mas estava com saudade de ser o Jader. Só o Jader. Sem nenhuma máscara de “imparcialidade” ou “transparência”. Estava com saudade de escrever só pra dizer o que eu penso. Só pras pessoas que eu gosto, que gostam de me ler, que gostam de mim (ou não, que fique claro, rs).
Agora, com uma folga de cinco minutos, entre o almoço e a volta ao batente, resolvi postar aqui. Só pra dizer ‘oi’ mesmo. Só pra falar de algo que me bateu muito forte hoje, e pode ser transcrito na citação de Charles Chaplin que fiz acima.

Um amigo me mandou um email. Sinceramente não sei o que ele queria com seu ‘desabafo’. Mas se era questionar e me confundir... Marcão, você conseguiu!
Mas da breve confusão, saiu uma certeza: sou muito feliz naquilo que faço.
É bom descobrir isso. Que aquilo que você faz, o modo com que você vive, lhe conduz à felicidade. Percebi que estou muito satisfeito com o que faço: na faculdade, no serviço, na igreja, em casa...
Parafraseando o Pe. Zezinho, grande poeta desse meu país, ‘minha vida é um grande campo de trigo com algumas ilhas de joio no meio’. Pra quem não entende da parábola bíblica, explico (rs): o saldo das minhas experiências de vida é positivo. Muito mais coisa boa do que infelicidade.

Por que estou dizendo isso agora? O que você tem a ver com isso? Não sei. Sinceramente. Só fiquei com vontade de dizer isso. Sem nenhuma pretensão, sem nenhum objetivo. Pelo simples prazer de externar o que sinto. Pelo simples prazer de poder ser o Jader, por cinco minutos, antes de voltar a se transformar no jornalista: livre, isento, imparcial.

Bem, agora me despeço. Até a próxima.
O tempo estourou e preciso voltar a vestir a máscara.

08/04/2009

Santa Justiça

Essa eu tirei da coluna "Mosaico", do Diário do Vale hoje (8).
Muito boa...
.
.
.
O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Luiz Zveiter, mandou retirar os crucifixos das salas de julgamento do Tribunal.
***
Justificativa: A Justiça tem que ser laica.
***
Está certo o Tribunal.
***
Mas na hora da folga, esse distanciamento religioso desaparece: a Justiça do Estado do Rio esta semana só funciona até hoje, quarta-feira. A partir de amanhã se recolhe à meditação do significado da Paixão de Cristo, e só retorna na segunda-feira.
***
Essa extrema demonstração católica por parte do judiciário fluminense é ainda mais fervorosa na Justiça do Trabalho, que ontem, terça-feira, funcionou pela última vez na semana, lacrando suas portas em devoção a Nosso Senhor Jesus Cristo.
***
Detalhe: uma audiência na Justiça do Trabalho tem sido marcada com oito meses de antecedência. Na Justiça Cível, leva até um ano.
***
Sinal de que a fé remove montanhas, mas não move processos.
.
.
.
Feliz Páscoa pra vocês!
Sinceramente, não sei se consigo atualizar até lá... espero que sim!

16/03/2009

Sobre a menina e a excomunhão...

(Notícia velha, eu sei. Velha, mas requentada...)


Caros amigos, sei que estou devendo uma nota sobre o caso da menina de nove anos. Mas o vaticano se adiantou e já publicou um artigo que expressa quase que a totalidade da minha opinião. Ainda assim, vou opinar (e polemizar?):

De vez em quando, alguns fatos acontecem que lançam dúvidas sobre nossas "certezas absolutas", jogam por terra toda a lógica da nossa ideologia e nos desafiam a repensar algumas questões que já tínhamos como definitivas.O caso dessa menina foi um desses fatos. Uma verdadeira tragédia que se deu em três atos:

I. O estupro da menina
II. A morte dos bebês
III. A excomunhão do bispo

Sinceramente, não sei o que leva um homem a abusar de uma criança.É tão rtepugnante, tão nojento, tão incompreensível que acho que foi o que me deixou mais atordoado nessa história toda. Desde os seis anos essa menina vinha sendo abusada, junto com sua irmã, que é deficiente mental. Meu Deus! Se não fosse essa gravidez, sabe-se lá até quando este homem continuaria agindo impunemente. Bendita gravidez!
Maldita gravidez! A natureza às vezes parece irracional: uma criança de nove anos, esperando outras duas crianças. Não, não havia condições de vida nem para a criança-mãe, nem para os bebês. A interrupção da vida intra-uterina era, sim, senão a única, a 'melhor' saída.Todos sabem de minha posição absolutamente contrária ao aborto. Por isso fico muito tranquilo pra declarar: a equipe médica foi coerente e agiu de forma a salvar a vida daquela que já estava mutilada - a menina.

Sobre isso, o artigo do Vaticano destacou: "Era mais urgente salvaguardar a vida inocente e trazê-la para um nível de humanidade, coisa em que nós, homens de igreja, devemos ser mestres."


O caso ali não era de falta de condições psicológicas. Até porque acredito que causas psicológicas nunca justificam um aborto (afinal, o aborto não retira o trauma do estupro. Pelo contrário, com o aborto acrescenta-se um novo trauma à vida da pessoa). A questão era, principalmente, a falta de condições físicas para que aquela gestação se desenvolvesse e até mesmo para que a menina sobrevivesse. Neste sentido, o aborto foi quase que um ato de legítima defesa. Mato ou morro.

"Como agir nesses casos? É uma decisão difícil para os médicos e para a própria lei moral. Não é possível dar parecer negativo sem considerar que a escolha de salvar uma vida, sabendo que se coloca em risco uma outra, nunca é fácil. Ninguém chega a uma decisão dessas facilmente, é injusto e ofensivo somente pensar nisso."(Vaticano)

A excomunhão proferida pelo bispo foi um ato de, no mínimo, incrível insensibilidade. Uma atitude precipitada, descabida e que me entristeceu. "[a criança]levava dentro de si outras vidas, tão inocentes quanto a sua, embora frutos da violência, e que foram suprimidas, mas isso não era suficiente para fazer um julgamento que pesa como um machado" (Vaticano)

Era hora da igreja acolher, abraçar. Amar como Jesus amou, como canta padre Zezinho. Infelizmente não foi assim: "[...]prejudicando a credibilidade de nosso ensinamento que, para muitos, parecem marcadas por insensibilidade, incompreensão e falta de misericórdia"

Felizmente a igreja se pronunciou. Primeiro com a CNBB, dizendo que ninguém está excomungado no caso. Depois, com esse belo artigo do vaticano publicado pelo presidente da Pontifícia Academia para a Vida, monsenhor Salvatore Rino Fisichella.

Quais as lições que ficam ao final deste caso?

Primeiro, devemos ficar alerta que esse foi um caso muito específico. Este episódio não fortalece nem enfraquece a tese "pró-legalização" porque, como disse, foi um caso especial. A exceção da regra. Continuo contra o aborto. Continuo um defensor incondicional da vida. E foi assim que me expressei neste caso: a vida da menina devia ser respeitada e valorizada.

Aprendi, sobretudo, que existem momentos em que a legislação estará em segundo plano (seja ela a constituição ou o direito canônico), pois a dignidade humana está acima de qualquer "livro de regras". O homem vale mais que a lei.

13/03/2009

Samba do amor e ódio

[...]
Erra
Quem sonha com a paz
Mas sem a guerra
O céu existe pois existe a terra
Assim também nessa vida real
Não há o bem sem o mal

Nem há amor sem que uma hora

O ódio venha
Bendito ódio,
Ódio que mantém
A intensidade do amor
Seu ardor
A densidade do amor,
Seu vigor
E a outra face do amor
Vem à flor
Na flor que nasce do amor...

(Pero Luís e Carlos Renó
Cantado por Roberta Sá)

09/03/2009

Um Flamenguista em Branco e Preto

Foram quatro meses de rompimento. Logo eu, que sempre fui o maior fã, sempre acreditei, sempre defendi, durante esses ultimos meses me privei de esboçar qualquer reação positiva com relação ao cara.

Pelo contrário, xinguei - safado, traidor! Pragueei: "vai quebrar as duas pernas, agora!". Fingi, por 81 dias que odiava, por tudo que era mais sagrado, aquele... gordo!

Ignorava todas as notícias fenomenais que surgiam dia após dia na TV. Virava abruptamente as páginas dos jornais em que ele figurava. O coração de torcedor estava ferido, magoado. O pior era saber que, mais uma vez, ele daria a volta por cima. Eu tinha certeza disso. Mas ele tava vestindo a camisa errada, as cores estavam trocadas. "Perdeu a chance de se tornar um ídolo, pra virar apenas um produto de marketing", resmungava.
Então, o dia de ontem chegou e eis que no último minuto, eu atrasado pros meus compromissos, olho grudado na televisão, ansiedade a flor da pele, de repente um gol. Gol? Goooooooooooool!

Eu que me privei, xinguei, pragueei... por fim, me emocionei (completando a lista dos 'ei')! Todo o meu desprezo anterior foi-se embora na hora que vi aquele moleque subindo o alambrado e sorrindo novamente. Comemorando seu terceiro "primeiro gol". Pela terceira vez, ele estava começando de novo.

E naquele momento reatei(!) as relações com meu ídolo. O maior jogador que já vi, o único brasileiro três vezes melhor do mundo, o maior goleador das copas, o Ronaldo, o fenômeno! (e lá vou eu, mais uma vez, neste vislumbramento cego de um fã apaixonado por seu ídolo - até a próxima mancada, ao menos.)

Foi uma noite especial. Um dia memorável. Pode ser piegas (e é!), mas aquele momento foi - como diria Marcão - sensacional! Dunga, olha o cara ae! rs

O Flamengo que me desculpe, mas ontem meu coração dormiu com um colorido diferente: vermelho, preto e branco.

06/03/2009

CNBB responde Gilmar Mendes

Olá povo,

a Pastoral da Terra enviou à imprensa uma nota oficiAl, rebatendo as declarações do ministro Gilmar Mendes, que fez um discurso de criminalização dos movimentos sociais, em especial o MST. Selecionei alguns trechos, pois é muito grande. Mas é interessantíssimo!

Ainda quero escrever sobre a criança que abortou essa semana e as declarações do bispo. Aliás, já escrevi, só falta agora digitar. Ainda nessa fim de semana faço isso. Não percam! (rs)

Seguem os trechos da nota distribuída há pouco pela Secretaria Nacional da Comissão Pastoral da Terra da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil:

"A Coordenação Nacional da CPT diante das manifestações do presidente do STF, Gilmar Mendes, vem a público se manifestar.No dia 25 de fevereiro, à raiz da morte de quatro seguranças armados de fazendas no Pernambuco e de ocupações de terras no Pontal do Paranapanema, o ministro acusou os movimentos de praticarem ações ilegais e criticou o poder executivo de cometer ato ilícito por repassar recursos públicos para quem, segundo ele, pratica ações ilegais.
(...)
O ministro, então, anunciou a decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), do qual ele mesmo é presidente, de recomendar aos tribunais de todo o país que seja dada prioridade a ações sobre conflitos fundiários.
Esta medida de dar prioridade aos conflitos agrários era mais do que necessária. Quem sabe com ela aconteça o julgamento das apelações dos responsáveis pelo massacre de Eldorado de Carajás, (PA), sucedido em 1996; tenha um desfecho o processo do massacre de Corumbiara, (RO), (1995); seja por fim julgada a chacina dos fiscais do Ministério do Trabalho, em Unaí, MG (2004); seja também julgado o massacre de sem terras, em Felisburgo (MG) 2004; o mesmo acontecendo com o arrastado julgamento do assassinato de Irmã Dorothy Stang, em Anapu (PA) no ano de2005, e cuja federalização foi negada pelo STJ, em 2005.
Quem sabe com esta medida possam ser analisados os mais de mil e quinhentos casos de assassinato de trabalhadores do campo. A CPT, com efeito, registrou de 1985 a 2007, 1.117 ocorrências de conflitos com a morte de 1.493 trabalhadores. (Em 2008, ainda dados parciais, são 23 os assassinatos). Destas 1.117 ocorrências, só 85 foram julgadas até hoje, tendo sido condenados 71 executores dos crimes e absolvidos 49 e condenados somente 19 mandantes, dos quais nenhum se encontra preso. Ou aguardam julgamento das apelações em liberdade, ou fugiram da prisão, muitas vezes pela porta da frente, ou morreram.

Alguém já viu, por acaso, este presidente do Supremo se levantar contra a violência que se abate sobre os trabalhadores do campo, ou denunciar a grilagem de terras públicas, ou cobrar medidas contra os fazendeiros que exploram mão-de-obra escrava?
(...)
Ao contrário, o ministro vem se mostrando insistentemente zeloso em cobrar do governo as migalhas repassadas aos movimentos que hoje abastecem dezenas de cidades brasileiras com os produtos dos seus assentamentos, que conseguiram, com sua produção, elevar a renda de diversos municípios, além de suprirem o poder público em ações de educação, de assistência técnica, e em ações comunitárias. O ministro não faz a mesma cobrança em relação ao repasse de vultosos recursos ao agronegócio e às suas entidades de classe.

(...)
O ministro Gilmar Mendes não esconde sua parcialidade e de que lado está. Como grande proprietário de terra no Mato Grosso ele é um representante das elites brasileiras, ciosas dos seus privilégios.
(...)
O poder judiciário, na maioria das vezes leniente com a classe dominante é agílimo para atender suas demandas contra os pequenos e extremamente lento ou omisso em face das justas reivindicações destes. Exemplo disso foi a veloz libertação do banqueiro Daniel Dantas, também grande latifundiário no Pará, mesmo pesando sobre ele acusações muito sérias, inclusive de tentativa de corrupção.

O Evangelho é incisivo ao denunciar a hipocrisia reinante nas altas esferas do poder: “Ai de vocês, guias cegos, vocês coam um mosquito, mas engolem um camelo” (MT 23,23-24).

Que o Deus de Justiça ilumine nosso País e o livre de juízes como Gilmar Mendes!

Goiânia, 6 de março de 2009.
Dom Xavier Gilles de Maupeou d’Ableiges, Presidente da Comissão Pastoral da Terra"

05/03/2009

Tempo, pra que te quero...

Eu quero postar, escrever, dialogar!

Muitos pensamentos pra reproduzir
Muitas idéias a discutir
Muitos assuntos pra comentar
Polêmicas.

Mas cadê o tempo????
Definitivamente, meu dia não pode ter só 24 horas...


27/02/2009

Feliz 2009 [2]

Dizem por aí que, por aqui, nesta terra Tupiniquim, o ano só começa pra valer depois do carnaval. Concordo em parte apenas, mas já que a sabedoria popular reza, quem sou eu pra discordar?

Sendo assim, Feliz Ano Nove pra vocês, caros amigos!

A luz apaga porque já raiou o dia
E a fantasia vai voltar pro barracão
Outra ilusão desaparece quarta-feira
Queira ou não queira, terminou o carnaval
(Roberta Sá*)

*Intérprete

16/02/2009

Páginas Policiais

Não sei, mas acho que estou realmente ficando louco...


Rio de Janeiro, Zona Norte. Domingo, 19h

O ônibus em alta velocidade tenta, orientado por um passageiro, fugir da rota da PM. O caveirão, mais uma vez, estava invadindo um morro carioca - a Mangueira.

De repente, estamos na contramão da avenida e a tensão parece aumentar. O motorista ainda está um pouco perdido e agora nem os próprios passageiros conseguem entrar em consenso sobre o melhor caminho a seguir. À minha volta percebo alguns homens assustados, que entre uma Ave Maria e outra, abrem os olhos pra tentar enxergar uma saída.

Mas eu continuo tranquilo, bloquinho à mão, como se nada estivesse acontecendo.
Afinal, o que estava realmente acontendo?

"Mataram um maluco lá no Pedregulho" - avisa o policial, que à certa altura entra no ônibus.
"Ufa! Não é nada muito grave" - ouço, incrédulo, o suspiro aliviado de um passageiro.

A viagem segue tranquila (pro Jader, ao menos). Cruzamos, no caminho, com alguns outros veículos e os passageiros fazem questão de informar aos motoristas e pedestres desavisados o perigo iminente que surgiu naquelas bandas de lá.

Meu ônibus, para casa, sai em menos de cinco minutos, quando chego à rodoviária. Ali, o clima não estava menos tenso. Corre-corre, gritos, cirene... nada que fuja à rotina de um domingo a noite pós-clássico: torcedores rubro e alvi-negros se 'pegando' em frente à Novo Rio.

Mas, pra mim, tudo é novidade. Tudo vira foto, anotação. Tudo vira registro de blog...

Subir no ônibus, naquela noite, foi diferente. Ficou a sensação de ter deixado um mundo pra trás. Um mundo louco, curioso, dinâmico. Demorei um pouco pra perceber que aquilo era "mundo real", que vivi uma situação de risco, que um homem tinha morrido aquela noite e outros mais poderiam morrer, que não era tudo tão fantasioso como eu estava anotando no meu bloco. Não! Apesar do cenário sugerir, não eram cenas de novela...

Era o meu Rio de Janeiro. Um Rio que eu ainda não conhecia, a não ser pelos inúmeros noticiários que figuram os jornais diariamente. Um Rio fantástico, cheio homens e mulheres fantásticas, que mesmo depois de um susto (um baita susto, raciocino agora comigo), mantêm o sorriso furtivo no rosto, daqueles sorrisos que só esse povo consegue dar, pra lhe tranquilizar e desejar: "Boa Viagem. Vai com Deus!"

Um Rio que continua lindo e continua sendo...

13/02/2009

Machado de Assis, o carnaval e a chuva (quanta chuva!)


Machado de Assis, o maior escritor da história da literatura brasileira (minha opinião, ok)
Carnaval Carioca, a maior festa popular do mundo (idem, rs)
Chuva, o pior início de ano dos últimos anos (fato!)

São esses três 'personagens'que me motivaram a escrever neste blog hoje.


****
A chuva

Há quanto tempo não chove tanto e tão forte em Volta Redonda? Desde que cheguei aqui, na semana passada, não teve um dia sequer de folga. E dizem que está assim desde o mês passado. São as águas de março(adiantadas), fechando o verão?

Me preocupa muito o nível do Paraíba do Sul. Mais uma semana assim, e não sei o que pode acontecer, pois alguns pontos da cidade já estão alagados, ruas instransitáveis.

É preciso pensar em algo pra fazer, antes que algo realmente muito ruim aconteça (além das lamentáveis mortes que já houveram...)

To registrando algumas fotos e, assim que puder, posto aqui pra quem não viu ainda como está a nossa cidade e o nosso rio(Paraíba).

*****
O Carnaval
Agora, falando de nosso outro Rio, aquele abençoado por Deus e bonito por natureza... Carnaval chegando e mais uma vez estarei partindo pra Cidade Maravilhosa. Não sei ainda que programação vou adotar, mas no domingo a noite podem me procurar na Sapucaí:

Mocidade, a sua estrela sempre vai brilhar
Um show de poesia, em nossa academia
Saudade em verso e prosa vai ficar

Esse ano, o cardápio da sapucaí tá super variado - desde A origem do povo brasileiro, com a Mangueira, até a França, com a Grande Rio, passando por sereias, banhos, tambores, amores... até biocombustível vai rolar na Sapucaí este ano.

Mas o melhor enredo (e digo isto com a maior isenção) está nas mãos da minha escola de samba: Machado de Assis e Guimarães Rosa: há cem anos morria um e nascia outro, como uma espécie de troca de bastões entre eles - "A estrela adormece/ na paz do amor/ Abençoado um novo sol brilhou".
Donos de estilos literários e de vida completamente diferentes, fizeram história na literatura brasileira. Vai ser um carnaval bonito, gostoso de se ver. Espero que a Mocidade faça jus ao grande enredo que tem em mãos.


****
O Mestre
Pretendia postar uma lista de frases de Machado, que grifei de seu livro Helena, mas acho que meu post já está grande demais. Vai uma só, que descreve o grau de paixão entre Helena e Estácio (os personagens principais da obra). Um trecho que explica, por si só, a genialidade de Machado e sua maestria com as palavras:

"O que eles disseram um ao outro, com simples olhos, não se escreve no papel, não se pode repetir ao ouvido; confissão misteriosa e secreta, feita d eum a outro coração, que só ao céu cabia ouvir, porque não eram vozes da terra, nem para a terra as diziam eles"

(ahhh... que bom estar apaixonado né?! rs)

****
Até a próxima, meu povo (prometo ser mais enxuto)

E a ladainha continua:
Chove chuva, chove sem parar....



05/02/2009

Fotos!!

Agora sim, algumas fotos da viagem...

A caminho da Bahia...

Minha casa em Salvador (Mengo!!!)


Afinal, não fomos só a passeio né...


Elevador Lacerda, Mercado Modelo e Forte (foto minha. Juro!)


Bienal de Cultura da UNE - Mistura Total!



Índios em Belém (FSM)


Conhecem? Jader Moraes... o seminário dele bombou! rs


Momento histórico: cinco presidentes latino-americanos no Fórum

Ministra-Chefe da Casa Civil (futura presidenta?) Dilma Rousseff

Brasileirinhas (como todo o respeito, rs)



Eu, na Amazônia!!

Catedral da Sé, em Belém

120 horas dentro do bus, 10 estados percorridos...


Rio São Francisco (em Minas)



Chegada em Volta Redonda!!!!
(eu e meu pai)
Ainda tem muito mais fotos (umas duas ou três mil), algumas devo postar no orkut, outras só em casa mesmo, outras ainda não valem a pena serem mostradas, rs
Agora, por hora, vou voltar ao mundo real. Acabou o amor...
Última postagem da viagem. Já é notícia velha, passou!
Valeu galera que fez esses momentos se tornarem inesquecíveis!
Uh! S-S
Uh! B-M
Uh! nifoa
Sul Fluminenseeeee

04/02/2009

Cheguei (e com fotos)!


Minha cama, meu vaso, mãe, pai... to em casa!!!

Volta Redonda continua linda e eu cada vez mais encantado com tudo que aprendi nessa longa viagem. Que saudade da Bahia!

Mas é bom demais voltar pra casa. Vinte dias depois... cheguei Volta Redondaaaa!!!!

Eu, baianíssimo, na barraca

38 minutos depois, eu ainda estou tentando postar mais algumas fotos... desisto! Com a minha internet não tem como negociar: ela é lerda mesmo.
Este post, portanto, termina por aqui. Vou tentar postar as fotos diretamente da FOA hoje a noite.

Até mais...

01/02/2009

Amazônia

Sim, é aqui que estou. Em Belém do pará, Amazônia, no Fórum Social Mundial.
Hoje volto pra casa (aliás, saio hoje e só chego na quarta, rs) e são incontáveis as lições que aprendi, os mundos que conheci, os lugares por onde viajei.
É incrível a riqueza e diversidade de cada pessoa, cada povo...

Quero poder contar isso detalhadamente pra vocês, nos próximos dias: todas as experiências, sensações; todos os momentos inesquecíveis.
Eu, que nunca tinha saído da região sudeste, agora me sinto um cidadão do mundo. Uma pessoa multifacetada. Aprendi muito gente. Muito mesmo.

Rio, Espirito Santo, Bahia, Maranhão, Piauí, Pernambuco, Belém...
Palestinos, americanos (do sul, do centro e do norte), africanos, orientais...

Um outro mundo é possível. Possível e necessário, urgente!

Como é bom não estar vendo a história passar. Maravilhosa sensação de fazer parte dela...

****

E hoje hein... Mengão e Voltaço! Vo encontrar um jeito de asistir por aqui, mas por quem torcer??? Sei que o Voltaço tá mal, um ponto só, mas o coração é flamenguista né... 2x2, pode ser?
Com um gol de Obina e um contra do Junior Baiano, para o mengão! kk

****

Ops, já ia me esquecendo: Vi o Lula!!!! Tirei foto com a Dilma!!!!
Quase a pedi em casamento, mas eu amo mais a Bia, rs.

****
E Volta Redonda, continua linda?
rs