01/07/2009

Sarney é um símbolo, assim como o ato de destruí-lo

(Sim, roubei a frase acima de V de Vingança. Roubei e adaptei, claro...)


Não acho que o Sarney é o maior culpado pela crise no Senado. Muitos outros fatores explicam a situação de descrédito que a casa chegou. Mas acho que ele deve renunciar, é o melhor a ser feito.

Sarney é um símbolo. Símbolo do atraso, do arcaico, do pior que existe na política brasileira. Sua eleição para a presidência do Senado simbolizou um passo atrás da política brasileira. Derrubar esse símbolo pode ser um recomeço nas relações do Senado com a Opinião Pública.

Sarney está certo quando diz que a crise não é dele, é do senado, pois não é correto personalizar uma instituição - e que instituição!
Mas sua saída é um ato simbólico que certamente irá representar uma mudança de rumo, um avanço, uma esperança. A queda de sarney é o símbolo de um nova democracia - sem coronéis, sem mandatários, sem salafrários.


OBS.: Um símbolo apenas, minha gente. Tem muita gente ruim lá, pior que ele até. Mas derrubar o símbolo é o primeiro passo. Um passo que, contariando o ditado, tem que ser dado com o pé esquerdo (Acorda PT, acorda Lula!!!!!)

2 comentários:

mdany disse...

Olá !!!
Pois é meu amigo...a coisa ta feia....
A política é exercida em meio a tantas sugeiras....
Agora os problema menores (como diziam)que existiam na crise do sujo Senado se transformam em grandeeess problemas segundo o próprio Lula.Isso é uma vergonha....
Até quando esses senhores continuarão a subestimar a inteligência e conciência do povo Brasileiro?

Giovana Damaceno disse...

O povo continua votando nesse tipo. Fazer o quê?