22/06/2009

Brasil = Televisão ???


“Tire a televisão de dentro do Brasil e o país desaparece”

Eugênio Bucci, presidente da Radiobrás, co-autor do livro Videologias e ex-diretor de redação da revista Superinteressante

Li essa frase hoje e fiquei encucado. Qual é a verdade contida nela? Até que ponto está certa?

O Brasil se resume à televisão, ou o que "existe" do Brasil é apenas o que a TV mostra?

O Willian Bonner tem mais credibilidade que o presidente da República?



Será que alguém se habilita pra me ajudar a desembaralhar as idéias e discutir comigo essas questões...?

5 comentários:

Lígia disse...

O Willian Bonner tem mais credibilidade que o presidente da República?

sim.

o povo brasileiro não sabe procurar informações em revistas, jornais e livros. Se der na TV, que seja o Casseta e Planeta, que a família real portuguesa trouxe uma muda de maconha no navio quando veio pro Brasil, os pseudo-cults discutirão isso com seus amigos ainda mais pseudos e afirmarão com a maior convicção.
Se der na TV que qualquer coisa aconteceu, está acontecendo ou acontecerá, ninguém mais (generalizando e me excluindo da maioria) se importará em pesquisar ao menos a fonte da informação. Mas se um jornal publica uma matéria, ficam todos ansiosos para assistir o Jornal Nacional para confirmar a notícia. A TV é inquestionável. E principalmente a TV Globo.

Jader Moraes disse...

E é impressionante pensar que, mesmo com todo esse poder de influência, os juízes diplomados estão dando a mínima para a formação do jornalista.

O Willian Bonner agora poderá ser qualquer um!!!

Thayra Azevedo ♥ disse...

Nunca se esqueça que o jornalismo construiu uma autoridade e a TV é uma forte aliada a isso. Objetividade + autoridade.
O Willian Bonner tem mais credibilidade que o presidente da República? sim. [2]

Ele é mais público, está na televisão todos os dias falando com a dona Maria, logo, ela confia mais nele.
Triste saber que o Brasil é "dominado" pela mídia. Acredito que ainda pode melhorar. Depende de nós.

Jader Moraes disse...

Exatamente Thayra: a TV é um meio poderosíssimo e a autoridade jornalística se expressa fortemente ali.

Por isso acho perigoso. A televisão se tornou um instrumento de opressão simbólica. A verdade dita ali é absoluta, inquestionável!

Repetindo: Qualquer um agora pode ser o Willian Bonner. Ou pior, qualquer um poderá ser o Schroder!

Daniel Rangel disse...

Precisamos usar da nossa ousadia e do nosso potencial transformador para que, de forma criativa e inteligente, saibamos desconstruir esta triste realidade.
Resignação não faz nação!