08/07/2009

Oh, admirável mundo novo!

"Deus não é compatível com as máquinas, a medicina científica e a felicidade universal. É preciso escolher. Nossa civilização escolheu as máquinas, a medicina e a felicidade."
(pg. 125)

*****

(Londres, BR Press) - Cientistas da Universidade de Newcastle, na Inglaterra, anunciaram que conseguiram produzir espermatozóides em laboratório pela primeira vez na história. A descoberta, noticiada nesta quarta-feira (08/07) com grande alarde no Reino Unido, já provoca a ira de grupos religiosos, embora os cientistas avisem que precisam de mais pelo menos cinco anos para que a técnica possa vir a ser empregada na reprodução humana - o que ainda é ilegal no Reino Unido e vários países do mundo.
Professor Nayernia declarou que, "em tese", seria possível dispensar o elemento masculino no ato da fertilização do óvulo, já que os espermatozóides seriam reproduzidos a partir de uma banco de esperma. "Mas isso poderia resultar numa produção de seres humanos em série, todos com características genéticas do mesmo pai", ressalta.

*****

Nada a declarar.

5 comentários:

Lígia disse...

Quando li o livro que inspirou o título da postagem fiquei maravilhada com a previsão do Autor Aldous Huxley... EU sabia que poderíamos e provavelmente iríamos chegar àquele estágio. Mas quando conversava com outras pessoas sobre, ninguém acreditava.
Para sermos divididos em castas, agora, só faltará a hipnopédia. :/

Thayra Azevedo ♥ disse...

Pior que coisas assim não surpreendem ,mas assustam. Imagine eles treinarem nós - quando bebês - para nos dividirmos em casatas. Sem contar que seremos iguais.
Deus salve este mundo!

Gabriel Araujo disse...

lembram do filme Gataca?

Jader Moraes disse...

Gataca? Não, não vi esse filme Gabriel. Fala disso?

To procurando o filme de Admirável Mundo Novo. Foi lançado em 1998, mas não encontro em lugar nenhum. É difícil de achar até na internet!

Giovana Damaceno disse...

Tb não quero comentar. rsrsrsrs