17/03/2011

Sobre Maria Bethânia e o MinC

Reproduzirei um texto desses que pipocam no twitter. Dinâmico, ótimo, e põe os pingos nos 'is'.
A autoria é de :

Caso Maria Bethânia, alguém realmente sabe do que está falando?

Gente, tá todo mundo descendo a lenha na Maria Bethânia.

Mas não é exatamente um blog, né? São 365 vídeos, dirigidos pelo Andrucha e produzidos pela conspiração.
Sabe quando custa uma diária de câmera 5D com lentes, operador, tripé? Coisa de mil reais por dia.
Sabe uanto custa uma diária do Andrucha? OU de uma figurinista? De um maquiador? De um editor?
Sinceramente, está até barato.

E ela não está tirando dinheiro dos cofres públicos. Ela apenas recebeu autorização do ministério para captar, o que significa que ela tem um documento do ministério que a habilita para pedir dinheiro em empresas privadas para o projeto.

OUTRA COISA IMPORTANTE

É que mesmo sendo ativistas na internet, sempre achamos que internet é um meio menor né? Se ele colocasse a Maria Bethânia recitando num documentário no cinema ou vendesse pro canal brasil seria tudo certo 1,3 milhão. Cinema onde se paga ingresso. Canal Brasil que só pega em tv a cabo, paga.

Agora, um site que vai disponibilizar o mesmo material. Aí não pode. Vira "blog". Lembrem-se, se cada vídeo durar 1 minuto serão 365 minutos de material, o que siginifica muito mais que um longa metragem que tem hj em dia uma média de 120 minutos. Um longa de 120 minutos fica no mínimo 3, 4 meses em produção, e com tecnologias digitais, geralmente temos brutos de 10, 15 horas. SE CADA VÍDEO da Bethânia tiver 1 minuto, serão 3 longas metragem! E são cerca de 3 mil e 500 reais por vídeo. Sabe o que você faz com R$ 3.500 em audiovisual? Nem um clipe. Nem um institucional. Praticamente nada.

E outra coisa:

Ando um pouco de saco cheio da galera do twitter que retuíta qualquer porcaria sem ler e desce o pau sem a menor idéia do que está falando. E de jornalistas que só reproduzem matérias, um ctrl c crlt v safado, que não tem compromisso de informar ninguém, só de jogar materiazinha no ar.

2 comentários:

Giovana Damaceno disse...

hhuumm... sei não... tenho dúvidas...

Jader Moraes disse...

O blog é a plataforma. O dinheiro não é para manutenção de um blog. Seria loucura, claro. O dinheiro é para a produção de 365 vídeos. Que poderiam passar no cinema. Que poderiam passar na tv. Mas que vão ser disponibilizados na internet. De graça.

O problema é que o jornalismo subverteu as coisas. Disse que Bethânia havia ganhado R$1 milhão para produzir um blog. Não. "Ganhou" para produzir um projeto. E vai disponibilizá-lo na rede.

É só inverter a ordem. Faz toda a diferença.